Captura de Tela 2021-08-04 às 17.47.08

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que a tendência é que a proposta de adoção do voto impresso para as urnas eletrônicas seja rejeitada na comissão especial que trata do assunto, e voltou a acusar o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, de interferir na eventual derrubada da matéria. "O ministro Barroso foi para dentro do Congresso brasileiro, se encontrou com vários líderes e no dia seguinte, vários desses líderes começaram a trocar os integrantes da comissão por aqueles que votariam contra o voto impresso", disse

"Eu não quero adiantar, eu tenho que no plenário temos mais do que suficiente, mas como está se encaminhando essa votação na comissão a tendência é ser rejeitada na comissão por interferência do ministro Barroso", emendou. A fala de Bolsonaro foi veiculada em entrevista ao canal no Youtube da TV Piauí. Há a expectativa de a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso ser votada na comissão especial na quinta


voto impressobolsonarotse